Resenha: “Seda”, Alessandro Baricco

Era 1861. Flaubert estava acabando Salammbô, a luz elétrica ainda era uma hipótese e Abraham Lincoln, do outro lado do oceano, estava combatendo em uma guerra que o final não veria. (p.25) Conhecendo um pouco da literatura italiana contemporânea. O italiano Alessandro Baricco (Turim, 25 de janeiro de 1958) é jornalista, crítico de música, dramaturgo e prosista. Baricco é…

About these ads

Quem é a crítica literária no Brasil?

A pergunta não é “O que é a crítica literária?”, e sim, “Quem é a crítica literária no Brasil?”. Os críticos são citados normalmente sem o nome, eternos sujeitos indeterminados: “o autor foi aclamado pela crítica”, “o livro não agradou a crítica.” Mas, quem foi e quem é a Crítica Literária? Alguns autores andam reclamando…

Discurso de posse de Antônio Torres, novo membro da ABL

Eu sou fã do escritor baiano Antônio Torres, que tomou posse ontem na Academia Brasileira de Letras. Reproduzo abaixo a notícia na íntegra, que a Academia publicou no seu site, a foto é do O Globo Rio, com Geraldo Holanda Cavalcanti, Antônio Torres e Nélida Piñón: Romancista baiano Antônio Torres toma posse na Cadeira 23 da…

O absurdo da reprodução irresponsável

A Internet trouxe muitas coisas boas, como a comunicação entre pessoas do mundo todo, a facilidade de pesquisa e a informação em tempo real. Mas também proliferou informações incorretas e duvidosas de gente que não está preocupada em ir nas fontes, documentar- se e só então reproduzir na Internet. Eu já vi vários textos atribuídos a…

Vamos dar um rolezinho? ou “O dia seguinte”, de Moacyr Scliar

Fantástico conto de Moacyr Scliar (Porto Alegre, 23 de março de 1937 - Porto Alegre, 27 de fevereiro de 2011) que exemplifica bem a soberba da classe- média brasileira que não quer misturar-se com “os pobres”, quer manter seu “status” custe o que custar, até perder uma excelente empregada doméstica. Um texto que cai bem nessa época dos “rolezinhos“, leia, é curtinho: A televisão,…

Último post do ano: “Dom Casmurro”, de Machado de Assis

(…) Talvez abuso um pouco das reminiscências osculares; mas a saudade é isto mesmo; é o passar e repassar das memórias antigas. Ora, de todas as daquele tempo creio que a mais doce é esta, a mais nova, a mais compreensiva, a que inteiramente me revelou a mim mesmo. (Dom Casmurro lembrando do seu primeiro…

O peru de Natal, Mário de Andrade

O Peru de Natal O nosso primeiro Natal de família, depois da morte de meu pai acontecida cinco meses antes, foi de conseqüências decisivas para a felicidade familiar. Nós sempre fôramos familiarmente felizes, nesse sentido muito abstrato da felicidade: gente honesta, sem crimes, lar sem brigas internas nem graves dificuldades econômicas. Mas, devido principalmente à…

Resenha: “Grande Sertão: veredas”, João Guimarães Rosa, no dia da morte do escritor

Eu quase que nada não sei. Mas desconfio de muita coisa.( p. 30) Eu também desconfio de muita coisa, até dessa incrível “coincidência”, postar ao acaso essa resenha (cheia de “anotamentos”) justo hoje: data do falecimento de Guimarães Rosa. A vida é mesmo mística. O escritor, ministro, diplomata e médico João Guimarães Rosa (Cordisburgo, Minas Gerais, 27 de…

Resenha: “O calor das coisas”, contos de Nélida Piñon

Falar em Nélida Piñón (Rio de Janeiro, 3 de maio de 1937) é falar em literatura de primeiro nível, ela escreve muito! O amor em todas as suas formas é o centro dessa obra. A escritora é filha de espanhóis da Galiza (Espanha), o seu nome é um anagrama do seu avô Daniel. É jornalista e professora, imortal da…

Ziraldo completa hoje 81 anos

Hoje é o aniversário do criador do Menino Maluquinho, Ziraldo Alves Pinto (Caratinga, Minas Gerais, 24 de outubro de 1932) ele é escritor, desenhista e jornalista. Recentemente, Ziraldo passou por um susto na Feira do Livro de Frankfurt, quando passou mal por um problema cardíaco e sofreu uma cirurgia na Alemanha, recupera- se bem. Ziraldo, não podemos ficar sem o…

A história do amor de Fernando e Isaura, Ariano Suassuna

Sou um escritor de poucos livros e poucos leitores. Vivo extraviado em meu tempo por acreditar em valores que a maioria julga ultrapassados. Entre esses, o amor, a honra e a beleza que ilumina caminhos da retidão,da superioridade moral, da elevação, da delicadeza, e não da vulgaridade dos sentimentos. (Recife, 7 de outubro de 1994,…

Resenha: “Senhora”, José de Alencar

Há mulheres assim, a quem um perfume de tristeza idealiza. As mais violentas paixões são idealizadas no exílio. (p.17) É uma pena que livros clássicos da literatura brasileira sejam vistos pelos jovens como chatos, leitura “obrigatória e cansativa” imposta pelos colégios. Nada mais injusto, são excelente obras. Problema de professores e colégios que não usam a…

Centenário do nascimento de Vinícius de Moraes

Hoje, 19 de outubro de 2013, completa 100 anos do nascimento do escritor de prosa e verso, Vinícius de Moraes. Ele nasceu no bairro do Jardim Botânico, Rio de Janeiro. Um dos mais populares poetas e compositores do Brasil, quem nunca leu/ ouviu algum verso do Vinícius?   Vinícius de Moraes aos 3 anos. Vinícius…