Uma biblioteca ilustre

Especialmente para todos os que amam bibliotecas. Martín de Riquer na sua biblioteca. Martín de Riquer (Barcelona, 03/0571914 - Barcelona, 17/09/2013) foi um doutor em Filologia Românica, especialista em literatura medieval e trovadoresca, escreveu vários livros teóricos sobre literatura, como “Para ler  Cervantes“. Foi professor emérito na Universidade de Barcelona, membro da Academia Real de Letras Espanhola, ganhou prêmios importantes na…

About these ads

“Cordas”, curta- metragem espanhol

Há alguns dias, vi esse vídeo lindíssimo, o curta- metragem que ganhou o Goya 2014 (que é a maior premiação do cinema espanhol). “Cordas” (“Cuerdas”) é baseado em fatos reais, vale a pena ver os quase 11 minutos. É uma criação de Pedro Solís, um desenhista que tem dois filhos: Alejandra, que quando tinha seis anos…

“O mágico de Oz”, de Frank Baum

Hoje é a data de nascimento do escritor, teósofo, ator e editor  americano Frank Baum (Chittenango, Nova York, 15 de maio de 1856 - Hollywood, Califórnia, 6 de maio de 1919). Ele escreveu várias obras infantis e livros com os pseudônimos, mas sua obra mais conhecida e uma das mais populares no mundo é “O Mágico de Oz”, que encanta crianças e adultos. “O Mágico de…

O último poema de Carlos Drummond de Andrade

Carlos Drummond de Andrade (Itabira, 31 de outubro de 1902 - Rio de Janeiro, 17 de agosto de 1987) escreveu seu último poema no dia 31 de janeiro de 1987, “Elegia a um tucano morto”, que conta a história real de um tucano que Pedro Drummond ganhou da esposa no dia do seu aniversário e que sofreu alguns “acidentes”. O ilustre avô escreveu “Elegia…

“Requiem: uma alucinação”, do italiano Antonio Tabucchi

réquiem ré.qui.em sm (lat requiem) 1 Repouso. 2 Liturg Ofício que se faz pelos mortos: Missa de réquiem. 3 Cantochão ou música do ofício de defuntos. (Michaelis) Antonio Tabucchi (Vecchiano, Pisa, Itália 24/ 09/ 1943 - Lisboa, Portugal 25/ 03/ 2012) foi o italiano mais português que existiu (ele nacionalizou- se português). Tabucchi faleceu no ano passado de câncer, era professor, escritor e tradutor de Fernando Pessoa. O seu último trabalho foi…

“A maior flor do mundo”, história infantil de José Saramago

E se as histórias para crianças passassem a ser de leitura obrigatória para os adultos? Seriam eles capazes de aprender realmente o que há tanto tempo têm andado a ensinar? (José Saramago) José Saramago escreveu essa linda história infantil (que ele disse que não sabia escrever), ” A maior flor do mundo” nos conta a história de…

“Os girassóis cegos” (“Los girasoles ciegos”), de Alberto Méndez

“Superar exige assumir, não passar página ou jogar no esquecimento.”  A guerra civil espanhola (1936- 1939, e posterior ditadura que durou 37 anos) deixou muita dor e feridas (ainda) abertas. Há literatura variada a respeito, os escritores não deixam o tema cair no esquecimento com histórias baseadas em fatos históricos ou não, que chacoalham a…

Dia da Língua Portuguesa: 10 de junho

Ontem comemorou- se o Dia da Língua Portuguesa, porque é o dia da morte de Luis Vaz de Camões (Lisboa, 1524 — Lisboa, 10/06/1580)  escritor português considerado um dos maiores poetas da nossa língua. Talvez esse poema seja o mais conhecido de Camões, que tudo indica, foi inspirado por uns versículos da Bíblia (Coríntios 13): Amor é fogo que arde sem…

Macunaíma, o herói sem nenhum caráter

Não vim no mundo para ser pedra. (Macunaíma, p. 208) Macunaíma, publicada pela primeira vez em 1928, é uma obra tão conhecida que mesmo sem ter lido nenhuma linha, a impressão que fica é que já conhecemos a história toda. Não façam isso, porque ler esse livro vai te surpreender, enriquecer e prometo que você…