Arquivo Mensal: março, 2012

Elogio de Paris, Victor Hugo

por

Viver em paz é, por acaso, tão absurdo? (p. 69) O salão da princesa Mathilde, de Giuseppe de Nittis, 1883. Victor Hugo (Besançon, 1802- Paris, 1885) era escritor de prosa e verso, dramaturgo,… Continuar lendo

O leitor de Julio Verne, Almudena Grandes

por

Este livro acabou de sair do forno, “O leitor de Julio Verne” ( original em espanhol: “El lector de Julio Verne”) tem algo muito especial: é uma história que acontece na terra dos… Continuar lendo

Ler é contagioso

por

Da palavra latina liber, derivam as palavras livro e livre. Da palavra latina legere, derivam as palavras ler e escolher. Literatura é liberdade e escolha. “A leitora”, Frank Benson, 1910 Abaixo, vários vídeos… Continuar lendo

“Escrever”, Marguerite Duras

por

“Devia existir uma escritura do não escrito. Um dia existirá.” (p. 73) Nasceu Marguerite Donnadieu (Gia Dinh, Vietnã, 04/ 04/ 1914- Paris, 03/ 03/ 1995) e adotou o sobrenome Duras, por causa de uma… Continuar lendo

Os 100 benefícios da leitura

por

A minha filha de 8 anos é uma grande leitora. Além de uma grande leitora, é também uma “pequena grande” escritora: ela está escrevendo uma história que a mamãe- coruja vai transformar num… Continuar lendo

Macunaíma, o herói sem nenhum caráter

por

Não vim no mundo para ser pedra. (Macunaíma, p. 208) Macunaíma, publicada pela primeira vez em 1928, é uma obra tão conhecida que mesmo sem ter lido nenhuma linha, a impressão que fica… Continuar lendo