“Coisas para preocupar- se”: carta de Fitzgerald à filha

O escritor americano F. Scott Fitzgerald (Saint Paul, 24 de setembro de 1896 - Hollywood, 21 de dezembro de 1940) deixou uma carta para a sua filha Scottie quando ela tinha 11 anos em 8 de agosto de 1933: Fitzgerald, Scottie e a esposa Zelda. Querida filha: Preocupo-me muito com suas obrigações. Mostre-me alguma prova das suas leituras em francês. Estou satisfeito por você estar…

About these ads

O poema “Instantes” não é de Borges

Há muitos anos vem sendo reproduzido o poema “Instantes” como do poeta argentino Jorge Luis Borges. Basta olhar alguma antologia do escritor para comprovar que esse poema não existe entre seus escritos. O poema “rola” pela Internet e até em universidades com a autoria errada. Os versos são da americana Nadine Stair. A viúva de Borges,…

O imigrante e a perda de identidade

Ser imigrante não é fácil. Você pensa o contrário? Então vou te contar um pouco. Você chega em outro país com idioma, costumes, tradições, clima, geografia, idiossincrasias que não são os seus. E vai ter se adaptar, ou isso, ou sofrer. Seus horários vão mudar, seus roteiros, sua alimentação, você vai estar sozinho. Nunca mais…

Hoje o blog faz 6 anos!

Jamais pensei que fosse durar tanto com um blog. Ele começou como uma plataforma de apoio aos meus alunos de língua portuguesa na Espanha e chamava- se “A última flor do Lácio”, verso do poema “Língua portuguesa”, de Olavo Bilac. Depois mudou de teor, de título, de domínio e eu comecei a falar só de literatura. o…

Diálogo com o século XXII

Nós estamos (pelo menos eu estou) em uma profunda reflexão sobre o que passou na história da literatura e sobre o que está acontecendo agora. Qual é a nossa história? O que estamos “cozinhando” nesse momento? Quais as dimensões e influências que deixaremos para a literatura do século XXII? O que os críticos, escritores e…